• Agepar
  • Agepar
  • Agepar
  • Agepar

Notícias

03/07/2017

Filas provocadas por obras ou situações de emergência são foco de resolução normativa da Agepar

A Agepar, preocupada com a segurança dos motoristas e, levando em consideração os índices de acidentes e as constantes obras de manutenção nas rodovias reguladas pela agência, expediu uma resolução normativa que estabelece a uniformização da sinalização de obras, de serviços de conservação e em casos de situações de emergência, das rodovias concessionadas sob circunscrição do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER).

A resolução estabelece que em todas as obras, serviços de conservação, situações de emergência e demais interferências no fluxo normal das rodovias deverá ser adotada a pré-sinalização prevista no Manual do DNIT estendendo-a, a no mínimo, até 1500 metros de distância.

A parte final das filas passam a ser consideradas situação de risco e devem ter sinalização própria. Em pelo menos 1000 metros de distância do final, deverão ser instalados painéis móveis de mensagem alertando a existência de obras à frente com respectiva redução de velocidade e atenção redobrada.

A resolução estabelece também que as concessionárias deverão monitorar permanentemente as filas de veículos, utilizando motocicletas com giroflex para reposicionar, em função do deslocamento do final da fila, os dispositivos de sinalização, canalização de tráfego, operadores de bandeira e painéis móveis de mensagens variáveis.
Por fim, o documento Determina que Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná, intensifique as atividades de fiscalização, em caráter permanente, da sinalização de obras, de serviços de conservação, das situações de emergência de modo a verificar a segurança e garantir a fluidez do tráfego.

A resolução foi publicada no Diário Oficial de 23 de junho. A partir desta data, as concessionárias tem 30 dias para se adequarem a normatização da Agência.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.